O que é?

Inicialmente, falaremos a respeito da Plataforma Arduino, pois esta é a base da plataforma Radiuino. A plataforma Arduino é voltada para projetos que necessitam de prototipagem rápida e funcional. Existe uma grande variedade de sensores que podem ser utilizados no Arduino tais como de temperatura, umidade, distância, luminosidade, som, etc. Tal plataforma é considerada a chave para o entendimento da plataforma Radiuino. O Arduino pode ser entendido, basicamente, por um ambiente de desenvolvimento integrado de software (Integrated Development Environment, IDE) e um Hardware. A conexão entre Hardware/Software é feita por um cabo Serial de barramento universal (Universal Serial Bus, USB) e o que permite tal conexão é um pequeno programa denominado Bootloader, que é carregado no interior da memória Flash do microcontrolador. A Figura 1 apresenta o esquema de funcionamento da plataforma Arduino. As rotinas e programas, desenvolvidos na IDE, são chamados de Firmwares e estes são carregados no microcontrolador presente no Hardware (que pode ser o circuito integrado Atmega328) através do cabo USB. Dessa forma, pode-se controlar dispositivos e fazer a utilização dos sensores, que é o princípio básico de automação e controle de processos. O microcontrolador é o “cérebro” de qualquer projeto automatizado, já que é responsável pela tomada das decisões na automação dos processos.

Figura 1. Plataforma Arduino.

Agora ficou fácil de entender o que é a plataforma Radiuino. Basicamente, consiste na integração da plataforma Arduino  com transceptores de Radiofrequência. Os dispositivos físicos (Hardwares) podem ser programados no Arduino IDE tomando como base as bibliotecas do Radiuino. Além das bibliotecas, é necessário possuir um programador Uartsbee, que possui a função de realizar a conversão USB-Serial. A Figura 2 apresenta a plataforma Radiuino.

Figura 2. Plataforma Radiuino.

Os Hardwares da plataforma Radiuino consistem na associação de um microcontrolador ATmega328 [datasheet] e um transceptor capaz de realizar transmissões e recepções via radiofrequência. O transceptor utilizado em nossa plataforma é o CC1101 [datasheet]. Existem três Hardwares disponíveis no mercado: RFBee, que é de fabricação chinesa; BE900 e BE990, que são fabricados pela empresa Radioit LTDA, no Brasil.

Nesse sentido, é possível criar uma rede de sensores sem fio (RSSF). Cada dispositivo da rede é chamado de nó sensor que, por sua vez, é capaz de monitorar grandezas e acionar dispositivos. Por exemplo, um nó sensor pode medir temperatura, luminosidade, umidade, qualidade do ar, entre outros. Com base nessas medições, também é capaz de acionar dispositivos como lâmpadas, ventiladores, motores, bombas d’água, entre outros.

A criação de RSSF não é algo trivial. A plataforma Radiuino permite que seja possível criar uma RSSF de forma ágil e flexível, graças ao fato de que estamos disponibilizando as bibliotecas e códigos fonte. Baixe já as bibliotecas e programe seu dispositivo como se fosse um Arduino! Preparado para aprender ? Nós estamos preparados para ensinar!